Ansiedade não identificada pode desencadear doença

Você já deve ter sentido aquele friozinho na barriga quando algo está para acontecer, certo? Esse tipo de preocupação é normal, quando acontece de vez em quando. Mas quando esses pensamentos agonizantes não dão trégua, pode ser sinal de que há um distúrbio de ansiedade. 
Com base em estudos, o Portal Minha Vida - maior portal de saúde e bem-estar da internet brasileira, constatou os principais sinais da ansiedade como sendo as pernas que balançam, o pé que não para quieto, as unhas que são roídas, as mãos que se movimentam sem sentir. Reações diversas são comuns a todo o momento e são até esperadas em algumas situações. O corpo fica preparado para lutar ou para fugir. E para lidar com a questão, algumas pessoas começam a desencadear sintomas que podem se tornar um problema crônico.
Tudo começa na maneira como um indivíduo enxerga determinada situação ou pensamento. Quando a interpretação é de ameaça, atinge as amígdalas do cérebro, onde é produzida uma substância chamada noradrenalina. É ela que excita o cérebro e o corpo dando reações de estimulação. Alguns dos principais sintomas que o corpo apresenta neste caso são tensão muscular, sudorese e taquicardia.
Os problemas de ansiedade podem ser hereditários ou serem adquiridos conforme as experiências vividas pela pessoa. Passar por relacionamentos e atividades instáveis são fatores que podem tornar uma pessoa mais propensa a desenvolver alguns distúrbios, como a síndrome do pânico, fobia a determinado objeto, estresse após um evento traumático, entre outras.
Uma boa dica para controlar a ansiedade é vencer os tabus e procurar um psiquiatra, pois o profissional irá averiguar cada caso e constatar a importância de tratar o distúrbio com medicação ou apenas com terapia semanal para alinhar dentro do corpo humano as emoções, sejam elas boas ou ruins e preparar o cérebro para lidar com os diversos acontecimentos de nossa vida.
 
Fonte: Portal Minha Vida -  
www.minhavida.com.br 
 

 

Compartilhe

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google BookmarksCompartilhar no TwitterCompartilhar no LinkedIn
Você está aqui: Principal Notícias Vida Saudável Ansiedade não identificada pode desencadear doença