Casa de Cultura é inaugurada

Nova Bréscia inaugurou, no dia seis de dezembro, sua Casa de Cultura, idealizada pela Secretaria de Educação, comandada pela Secretária Marijane T. Rockenbach. O prédio do antigo Posto de Saúde foi reformado e abriga agora a Biblioteca Pública e o Museu Municipal, que formam a Casa de Cultura.
A inauguração contou com apresentações de alunos da EMEF Madre Assunta e de um casal integrante de cada delegação participante do Festival Internacional de dança, que estava acontecendo no município naquela semana.
As autoridades e convidados que usaram a palavra, enalteceram a importância de espaços culturais disponíveis à população. O escritor Arno Manfroi foi um dos que citou a leitura como forma de viajar pelo mundo e viver aventuras a cada novo livro.
A inauguração contou com um momento marcante e emocionante, quando foi plantado um Lírio da Paz. A terra usada para plantar a flor foi trazida pelas delegações do Festival de Dança, simbolizando a integração entre os povos e suas culturas. Cada representante dos grupos colocou um pouco da terra do seu país no vaso para plantar o Lírio da Paz, que vai embelezar a Casa de Cultura.
Após a inauguração oficial, as portas do espaço de cultura foram abertas para que o público conhecesse suas instalações. No primeiro piso foi instalada a Biblioteca Municipal Caminhos da Leitura. Já no segundo andar, está o Museu Público Municipal Dolci Ricordi, com fotografias e peças da cultura italiana e local, que contam a história do município.
 
 
 

Os talentos mirins do Festival do Canto

A Secretaria Municipal de Educação realizou, nas noites de 13 e 14 de dezembro, a terceira edição do Festival do Canto Infantil. No total, foram 95 crianças e 11 acompanhantes que participaram do festival, distribuídos nas três categorias: Criança com acompanhante; Individual; e Dupla.
Devido ao grande número de inscritos, a exemplo da edição do ano passado, novamente o Festival foi dividido em dois dias. No dia 13/12, apresentaram-se as crianças até seis anos, que estudam na EMEI Criança Feliz. No dia 14/12 foi a vez das crianças que estudam no Ensino Fundamental Séries Iniciais, da EMEF Madre Assunta e da Escola Nova Bréscia.
A cada apresentação, um novo show, quando as crianças demostraram toda a sua desenvoltura no palco, seu talento e sua graciosidade.
No final de cada dia, todos os participantes ganharam uma medalha de participação. Já os melhores, receberam um troféu por terem se destacado em sua categoria. 
 
 
 
 
 
 
 
 

Passeata marca Outubro Rosa

No dia sete de outubro, funcionárias da Unidade Básica de Saúde realizaram uma “passeata” na cidade. O objetivo foi a divulgação do Outubro Rosa. A caminhada contou com carro de som, palhaços, cartazes chamando a atenção para a importância do autoexame, da mamografia e demais exames preventivos. 
O grupo fez paradas em alguns estabelecimentos comerciais, bancos, Centro Administrativo, escola, quando distribuiu panfletos e lacinhos cor de rosa, símbolo da prevenção do câncer de mama.

Condomínio do Leite completa um ano em funcionamento

Completou um ano de atividade, no mês de setembro, o Condomínio de Leite de Nova Bréscia, projeto associativo de produção leiteira da Dália Alimentos, intitulado Condomínio Dei Produttori di Latte Bréscia que envolve 14 famílias associadas.
Para saber como está o andamento das atividades no condomínio, entrevistamos o Supervisor de Gado Leiteiro da Dália Alimentos, o Zootecnista Fernando O. de Araujo.
Veja na entrevista o que ele nos contou.
 
JNB - Quantos animais estão alojados atualmente? Qual a capacidade total?
Fernando - Atualmente estão alojados 190 vacas e a capacidade total é 262 vacas.
 
JNB - Como foi o primeiro ano de atividade? Andou como previsto?
Fernando - O primeiro ano de atividade foi um período de adaptação dos rebanhos e início do processo operacional. As dificuldades encontradas foram aquelas já previstas quando é realizado o confinamento de um grande número de animais com potencial para alta produção. Principalmente no que se refere a adaptação dos rebanhos alojados.
 
JNB - O plano inicial foi mantido ou adaptações precisaram ser feitas?
Fernando - A atividade leiteira é extremamente dinâmica e exige tomada de decisões rápidas no dia a dia, que muitas vezes não estavam programadas. Porém, as diretrizes básicas do projeto foram mantidas e estão sendo executadas conforme o planejado.
 
JNB - Como foi o primeiro condomínio de leite da Dália, qual o aprendizado para os condomínios que foram e serão inaugurados depois dele?
Fernando - Sempre há novos aprendizados, principalmente quando se trata de projetos inovadores. É natural que os projetos seguintes sofram alguns ajustes com base em experiências anteriores. Tanto os produtores como a cooperativa estão adquirindo muita experiência com esse novo modelo de produção associativa.
 
JNB - Atualmente, qual a média de litros de leite diária?
Fernando - Atualmente a média de produção está em 30 litros de leite por vaca por dia. Esta era a primeira meta do projeto, porém sabemos que esse número pode melhorar muito.
 
JNB - Os associados já estão tendo lucro com o empreendimento?
Fernando - A contabilidade do condomínio é feita por uma empresa particular e é de domínio dos produtores associados, por isso não podemos divulgar números refente a parte econômica. O que pode ser observado é que o condomínio comporta-se como uma empresa que está iniciando suas atividades, onde a otimização da estrutura física, a eficiência do rebanho e os custos de produção são os principais fatores para a viabilidade econômica do projeto.
 
JNB - Em comparação ao segundo condomínio inaugurado, em Roca Sales, qual a diferença de produtividade? 
Fernando - Os dois projetos estão com produções médias muito parecidas, em torno de 30 litros de leite por vaca por dia. 
 
JNB - Quais os planos para daqui em diante? 
Fernando - Os três projetos já inaugurados estão em fase de alojamento e o quarto projeto está em construção. A equipe de assistência técnica está trabalhando na finalização de obras e, junto com os grupos de associados, para que os condomínios já em produção busquem melhores índices zootécnicos e consequente aumento de produção.
Você está aqui: Principal Notícias Geral