Escola de inglês recebe indiano

Alunos, ex-alunos e professoras da escola de inglês Ensinus tiveram um momento cultural com o indiano Kushal este ano.
Através de slides e um bom bate papo, Kushal falou um pouco de sua cidade, Pune, e de tradições de seu país. Embora tímido, ele se mostrou muito feliz em estar no Brasil, dizendo que é sonho que se realiza poder estudar a nossa língua e morar em nosso país. 
Ele está morando em Roca Sales, com o casal Ana e Fernando, cujo filho, Pedro, esta na Índia, fazendo intercâmbio e morando na casa do Kushal. Essa troca de jovens para estudar em países diferentes foi possível através do Rotary Clube, que intermedia esse tipo de intercâmbio. 
A Índia possui dois idiomas falados nacionalmente, hindi e inglês, que é ensinado nas escolas desde muito cedo e cerca de 70% da população domina esse idioma. 
Com certeza foi um momento de muito aprendizado, não somente por praticar a língua inglesa, mas pela troca de conhecimento que marcou esse dia.
 

4º Encontro de Noventões

Aconteceu, na tarde de 14 de dezembro, o 4º Encontro de Noventões de Nova Bréscia, este ano contando com a participação de sete idosos com mais de 90 anos de idade.
O evento começou com a integração de gerações, através da apresentação das turmas de Ballet Clássico da professora Gabriela Laste, composto por meninas de dois a 10 anos.
A troca de energia entre crianças e idosos deu ainda mais emoção e alegria ao encontro.
Em seguida, o professor aposentado Adilar Mella provocou os idosos a cantarem suas canções italianas de infância e juventude, que hoje estão esquecidas. Eles relembraram músicas italianas e cantaram juntos, recordando bons tempos.
O evento, coordenado pela Assistente Social Inelbe Tumelero e pela secretária da Assistência Social, a primeira-dama Andréa Martini, contou com a participação do prefeito Marcos Martini e do vice-prefeito Adilar Lorenzon. Eles também homenagearam e deixaram mensagem de agradecimento aos noventões pelo seu trabalho e exemplo de vida para os brescienses.
 

 

Soberanas do GERB 2018

Na manhã do dia quatro de dezembro, houve o desfile interno de alunas para o título de soberanas do GERB 2018. De maneira mais discreta e mais focada ao objetivo que se almeja de uma soberana estudantil, quatro alunas do Ensino Médio realizaram a prova escrita que consistia na elaboração de uma redação. Na segunda etapa, as alunas foram avaliadas pelo coletivo de professores e direção, que observaram: desempenho escolar, desempenho em sala de aula e simpatia. Na terceira etapa, as alunas desfilaram para os alunos e professores do turno da manhã, verificando simpatia, beleza e postura ao desfilar. A mudança no processo de escolha, deveu-se ao curto tempo disponível para a organização do evento conforme era seguido em outros anos. As alunas que participaram do evento estavam cientes e concordaram com a organização do processo, inclusive apresentando termo de compromisso em relação a função de soberana GERB, assinada pelos pais.
As soberanas Gerb 2018 são: Rainha - Pâmela Fachini, 1º ano; 1ª princesa - Ana Paula Andres, 2º ano; 2ª princesa - Fernanda Valandro, 2º ano; Miss Simpatia - Franciele Cristófolli, 2º ano.
A escola parabeniza as alunas que participaram com maturidade e vontade de participar da vida escolar. Sucesso e bom trabalho.
 

O esporte como ferramenta de transformação social

Sob o olhar atento de um público participativo e orgulhoso, composto em sua maioria por familiares dos atletas competidores, foi aberta na manhã do domingo dia 03 de dezembro, a 2ª Copa Escolar de Ginástica do CRAS de Nova Bréscia. A competição reuniu atletas dos Municípios de Travesseiro e Nova Bréscia, do Colégio Evangélico Alberto Torres - CEAT e da Univates de Lajeado. No total, participaram 168 atletas com idades entre 6 e 12 anos, divididos nas categorias pré-nível, nível 1 e nível 2, cujas competições aconteceram durante todo o dia. 
A modalidade, que é inspirada na cama elástica presente na prática circense, criou-se nos Estados Unidos no início do século XX. A aparição da categoria ocorreu apenas nas olimpíadas de Sydney, em 2000. Nas edições posteriores, apenas Ucrânia, Canadá, Rússia, China, Alemanha e Uzbequistão foram os países medalhistas olímpicos nesta modalidade até o momento, englobando as categorias masculina e feminina.
Em uma competição de ginástica de trampolim, o atleta deve apresentar uma sequência composta por vinte movimentos técnicos, executando saltos duplos, quádruplos e acrobacias variadas, atingindo uma altura de até seis metros.
A equipe de ginastas de Nova Bréscia conta com cerca de 88 atletas – crianças e adolescentes, coordenados pelos Educadores Físicos Carlos Casaril e Minoru Otsuka e colaboração do estagiário Jeferson Fontanive que realizam treinamentos com a equipe no turno inverso ao período escolar. Na região, somente instituições de ensino privadas e universidades disponibilizam a prática. Nos registros, somente o CRAS de Nova Bréscia oferece a modalidade de forma gratuita. 
Neste ano, foram adquiridos R$120.882,46 (cento e vinte mil oitocentos e oitenta e dois reais e quarenta e seis centavos) em equipamentos e espera-se que outros cheguem ao município através de emenda parlamentar no próximo ano. 
Em breve discurso realizado na abertura oficial do evento, o prefeito municipal Marcos Antonio Martini salientou a necessidade de manter os jovens inseridos no esporte e a importância da colaboração do poder público no incentivo a estas práticas. A Primeira-dama e Secretária de Assistência Social, Andréa Lemos Martini, completou dizendo que se sente feliz com a participação de crianças e por oportunizar o evento à comunidade através dos recursos federais destinados ao CRAS. 
Os melhores atletas por idade receberam premiação por seu desempenho. Foram melhroes, em suas idades, os atletas brescienses Maria Clara Fonhaimporg, Milena B. Merlo, Melissa T. Biasibetti, Daniely Nekel e Roberta da Silva.
A assistente social Márcia Garibotti Lorenzon, expressou sentimento de felicidade com a participação inédita da equipe do Município de Travesseiro.
Ao final das premiações, alguns atletas apresentaram individualmente suas sequências. Além de abrilhantar a Copa, demonstraram a todos os presentes que com muito treino e disciplina é possível atingir bons resultados. 
Aliar o esporte às demais atividades escolares e sociais dos participantes, ofertando um serviço responsável e de qualidade, faz parte do compromisso de transformar a sociedade de maneira positiva,  promovendo através do investimento público a cidadania. 
 
Matéria: Prefeitura 
de Nova Bréscia
 
 
Você está aqui: Principal Notícias Geral