Projeto orienta famílias sobre alimentação saudável

As representantes do município, Nutricionista Samantha Rabaioli, Assistente Social Glaér Giongo e Auxiliar Administrativa Tatiane Ongaratto, estiveram envolvidas, durante sete meses, com o Curso “Educação Alimentar e Nutricional no Programa Bolsa Família” realizado pela Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP) e Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) em parceria com a Coordenação-Geral de Educação Alimentar e Nutricional (CGEAN) da Secretaria Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (SESAN) do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) que foi desenvolvido com o objetivo de apoiar a formação dos profissionais que atuam no Programa Bolsa Família (PBF) nas redes públicas da Assistência Social, Saúde e Educação, a fim de que possam adquirir conhecimentos relevantes para o desenvolvimento de ações de Educação Alimentar e Nutricional (EAN) voltadas para os beneficiários do Programa.
Em cumprimento ao objetivo proposto pelo curso, foi desenvolvida a ação “Práticas de incentivo à segurança alimentar e consumo saudável para famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família no município de Coqueiro Baixo – RS” com o propósito de aumentar o consumo de alimentos saudáveis das famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família, orientar as famílias para prática de uma alimentação saudável, desenvolver atividades para incentivar o consumo de alimentos saudáveis e facilitar o acesso a estes alimentos, como o cultivo de hortas. 
Nos primeiros meses, além das atividades propostas no ambiente virtual do curso, realizou-se reunião com os parceiros envolvidos e elaboração do plano de ação. A ação começou a ser concretizada no início de fevereiro e se estendeu até o fim de março. Durante este período foram desenvolvidas as atividades: visitas domiciliares nas propriedades das famílias a fim de conhecer a realidade das mesmas quanto às condições das hortas, encontro com as famílias com o objetivo de explicar sobre o projeto, implantação e melhoramento de hortas e agrotóxicos; visitas domiciliares para auxiliar e orientar no plantio de verduras e legumes na horta; palestra com orientações sobre alimentação saudável e atividade prática; finalizando com visitas domiciliares para avaliar a ação.
 
Depoimentos
“Durante todo o desenvolvimento do projeto, percebemos e destacamos que só foi possível atingir os objetivos do plano devido ao empenho e comprometimento das famílias e dos demais envolvidos”. 
“Outro ponto importante a ser destacado foi o aprendizado obtido com o trabalho intersetorial. Não seria possível desenvolver a ação se não tivéssemos uma equipe de profissionais capacitados para orientar as famílias durante todas as etapas, incentivando-as à prática do que foi orientado no decorrer do curso”.
“Vivenciamos uma experiência enriquecedora na implementação de uma ação educativa no município onde atuamos. Nosso objetivo maior foi concretizado, mas esperamos que o projeto tenha continuidade, portanto, incentivamos as famílias para que continuem cultivando a horta em suas residências e sigam as orientações repassadas durante o projeto”.
 
 

Família reúne cinco gerações

A família Sbardelotto, que reside em Linha Três Reis, Coqueiro Baixo, se orgulha de ter cinco gerações na família. A nona Paulinia Luiza Dalavechia Sbardelotto, hoje viúva, teve 12 filhos, sendo cinco mulheres e sete homens, um deles portador de deficiência. Tem também, 23 netos, 22 bisnetos e dois tataranetos. 
Ela nasceu em Nova Bréscia e, depois que casou, foi morar em Coqueiro Baixo. Hoje com 94 anos, ela precisa da ajuda da nora Renilde e de uma cuidadora. A nora mora numa casa ao lado e a cuidadora fica na parte de manhã, fazendo a organização da casa. A nora cuida dos remédios e cuidados pessoais. Todos os dias, as nona acorda em torno das oito horas da manhã e toma chimarrão ao redor do fogão a lenha. Costumava ir à igreja todos os domingos e gostava muito de passear, como visitar os vizinhos. Hoje não consegue mais sair, mas os vizinhos vão na casa dela, deixando-a muito feliz. 
 
Na foto, a nona Paulinia, 94 anos, seu filho Nairto, 69 anos, sua neta Nilva, 45 anos, sua bisneta Vanessa, 30 anos e o tataraneto Davi, que vai completar um ano no dia sete de julho.
 

Comunidade de Pedras Brancas realiza homenagem para as mães

No dia sete de maio, a Comunidade de Linha Pedras Brancas, Coqueiro Baixo, realizou um delicioso coquetel, na parte da tarde, para homenagear as mães. Conforme um dos organizadores, Marcos Henrique Valer, o encontro foi dividido em três momentos. Iniciou com uma oração, momento em que os presentes agradeceram a Deus pelas mães; leitura de uma mensagem para as mães; e entonação de um canto.
Em seguida, o encontro continuou no salão da comunidade, onde aconteceu o segundo momento: brincadeiras e descontração com o público. O momento proporcionou muita alegria e entretenimento entre os presentes. 
Para finalizar, foi servido um saboroso coquetel. Segundo a atual coordenação da comunidade, empossada no início deste ano, o objetivo principal é promover a união e o bem-estar de toda a comunidade. Para que isso ocorra, a coordenação vem promovendo eventos quando a comunidade é convidada a participar. 
O próximo encontro da comunidade, além das celebrações dominicais, está marcado para o dia 22 de maio, quando a comunidade vai receber um grupo de caminhantes do projeto Passeios na Colônia, no capitel dedicado à Nossa Senhora da Saúde. Para a Sra. Cátia Faccioni, que participou do coquetel, “foi maravilhoso e ficou encantada com o empenho e a união da comunidade”. A coordenação, bem como, os organizadores agradecem o empenho e a colaboração de toda a comunidade. A avaliação para este semestre já pode ser considerada positiva.

Gincana resgata cultura italiana

A Semana do Município de Coqueiro Baixo iniciou com muita descontração com a realização da “II Gincana Unirse Per Divertirse”, com brincadeiras que resgatam a tradição italiana. A cada dia uma Secretaria Municipal ficou responsável para organizar uma hora de atividades referente a sua pasta. Em seguida, foram realizadas tarefas da gincana sob a responsabilidade de Jenaíne Fachini Sandri.
As duas equipes participantes, “Uniti Pela Salute” e “Via de Vanti que Vinhemo” empenharam-se em executar cada tarefa proposta pela organização, como a criação de uma paródia sobre Coqueiro Baixo, que precisou ser cantada pelos integrantes das equipes, e a confecção de um traje feminino e masculino, feito com material reciclável. As equipes soltaram sua criatividade e surpreenderam nos resultados.
O anúncio do resultado da gincana foi na festa do dia 16, quando a organização do evento revelou que as equipes ficaram empatadas em pontos. Assim, as duas equipes foram premiadas, sendo todos vencedores.
Durante a festa, também receberam a premiação os alunos vencedores do concurso “Zika Vírus”, com melhor desenho, melhor frase e melhor redação. 
 
 
Nas fotos acima, as duas equipes participantes da edição deste ano da gincana
 
Você está aqui: Principal Notícias Coqueiro Baixo