Aprendendo a prevenir

Do dia 23 a 27 de outubro, as escolas Heitor Villa-Lobos, Sete de Setembro e EMEI Cantinho da Mônica foram instigadas a aprofundar os conhecimentos para desenvolver o projeto multidisciplinar “Prevenção da Dengue, a Educação Faz a Diferença” com os alunos da Educação Infantil e os alunos do 1º ao 9º anos.    
Com a meta de prevenir a presença do mosquito Aedes Aegypti, os professores elaboraram atividades pedagógicas diversificadas e inovadoras como: criação de músicas, criatividade e imaginação de desenhos, confecção do mosquito da dengue com material reciclável, pinturas, entrevistas nas comunidades, visitas e comprovação através de fotos os lugares suspeitos a proliferação do mosquito da dengue nas comunidades onde residem, criação e divulgação de folders, produção de vídeos, confecção de gráficos, tabelas, resolução de  problemas, slides, leitura e interpretação, pesquisas, redação , produção de textos, ampliação e  estudo do vocabulário nas línguas estrangeiras, confecção de cartazes, mapa temático, ludicidade,  visita do mosquito com sua fantasia  na escola divertindo e animando as crianças  com alegres  brincadeiras e demais atividades complementando e consolidando  a aprendizagem.                                                                                
Para culminar os conhecimentos, os alunos foram convidados a participarem de uma palestra conduzida pela Bióloga e professora Caroline Vian e a professora Jenaíne Fachini Sandri Conte. Elas explanaram o assunto com dinâmicas que despertaram interesse e curiosidade, esclareceram dúvidas com experimentos práticos, mostrando os locais onde o mosquito se aloja e se desenvolve, os perigos, suas consequências e que é indispensável o empenho e a conscientização de todos no combate à doença.
            Dos desenhos criados pelos alunos da Educação Infantil e dos alunos do 1º e 2º ano, a produção de texto dos alunos do 3º ao 5º anos e as redações do 6º ao 9º anos, foram selecionados um trabalho de cada turma e enviados para o Posto de Saúde de Coqueiro Baixo, onde participarão de uma premiação após a avaliação dos melhores trabalhos.
“Só é útil o conhecimento que nos torna melhores.”(Sócrates)
 
 

Aprimorando os conhecimentos tradicionalistas

No dia 26 de outubro, os estudantes do 6º ao 9º anos da escola Heitor Villa-Lobos, acompanhados pelos professores, participaram de uma palestra, juntamente com a Escola Estadual José Plácido De Castro, no CTG Porteira da Amizade no município de Relvado.
A palestra, com o tema Tradicionalismo, foi presidida por Flávio Antônio Rodrigues, advogado de Lajeado. No primeiro momento, o palestrante aprofundou o tema   contando a história da Revolução Farroupilha, dizendo que antigamente os primeiros imigrantes no Brasil foram os índios e depois os portugueses, que os índios foram os primeiros a tomar o chimarrão, por isso que o primeiro chimarrão tomado pelos portugueses era cuspido fora, pois eles achavam que os índios tivessem posto veneno dentro. Flávio também interagiu com o público perguntando qual a comida e bebida preferida do Gaúcho. O chimarrão e o carreteiro, foi a resposta. Então, explicou o porquê do nome de carreteiro: disse que tempos atrás havia muitos homens que viajavam de carreta e então o carreteiro era o almoço mais fácil e mais rápido para eles fazerem, podia ser feito com carne sobrada de churrasco e de charque. Explicou que o Charque podia ser feito de duas maneiras: a primeira esfumaçada e a outra pegar um bife e sal e mais um bife em cima com outra camada de sal, deixava em um prato inclinado que o líquido escorresse fora  e em seguida pendurava  perto da janela para pegar vento por três dias e depois já podia ser consumido. 
Apurou também conhecimentos sobre as vestimentas masculinas e femininas, utensílios usados pelo gaúcho, o nome dado para a mulher e o homem do mais novo até o mais velho, as regras tradicionalistas de um CTG e que o respeito é também fundamental no tradicionalismo gaúcho para quem segue as tradições gaúchas. 
A escola se preocupa em buscar cada vez mais conhecimento para seus estudantes. A palestra aprimorou e agregou na construção da aprendizagem e do conhecimento os valores das tradições gaúchas e resgatou os demais valores que são fundamentais para a harmonia interna do ser humano.  
 

Jogos Interescolares 2017

No dia 14 de novembro, os alunos do 6º ao 9º anos dos municípios de Coqueiro Baixo, Nova Bréscia, Relvado e Doutor Ricardo participaram dos Jogos Interescolares em Doutor Ricardo. Nesta 32ª edição de competição de vôlei masculino e feminino, as alunas do 8º e 9º anos da Escola Heitor Villa-Lobos classificaram-se em 2º lugar.
         A Direção da escola parabeniza a todos os estudantes pelas ótimas atitudes comportamentais, espírito esportivo de amizades que provocou o envolvimento entre os alunos das quatro escolas, união, integração, entusiasmo, por representar tão bem a nossa escola. Portanto, com determinação obtivemos mais uma vitória deixando marcas de estudantes que investem numa educação lapidada.  Valeu, vamos nos aperfeiçoar para o próximo ano.  Agradecemos também aos professores e direção que ampararam incansavelmente de forma afetiva a todo instante os alunos   para que se sentissem satisfeitos, seguros e acolhidos.
   “O esporte é a ferramenta de inserção social mais eficaz, pois o resultado é imediato e as transformações são surpreendentes.” (Leandro Flores)
 

Trabalhos não param

A secretaria de Obras de Coqueiro Baixo está mantendo sua agenda de trabalho nas estradas do interior do município.
Recentemente, foi a vez da estrada de Pilão Alto ser recuperada. As máquinas e funcionários da secretaria trabalharam na colocação de saibro, limpeza das valetas e patrolando a estrada. Em breve, a estrada a ser melhorada pela secretaria será a de Nossa Senhora das Dores.
No centro da cidade, a secretaria também está atuando. Os funcionários estão pintando os cordões das ruas e renovando a pintura das faixas de pedestres, tornando a cidade mais bonita e segura.
 

Coqueiro Baixo comemora sucesso de festa

Num lido dia, aconteceu mais uma edição da festa em Honra a Nossa Senhora da Saúde, em Linha Pedras Brancas, realizada no dia 19 de novembro. Segundo a comissão organizadora, os 200 voluntários serviram cerca de 1.200 almoços.
Fizeram-se presentes centenas de fiéis vindos de ônibus da capital do estado e de vários municípios vizinhos para prestigiar a festa.
A festança começou com a procissão, saindo em frente à Igreja de Linha Pedras Brancas. O percurso de 2 km contou com a presença de carros, cavaleiros, motoqueiros, ciclistas e tratores, levando a imagem de Nossa Senhora da Saúde até o capitel. Às 10h30min houve Santa Missa no galpão do capitel com benção da saúde, seguido do tradicional churrasco gaúcho. Após o almoço, a banda Contagem Regressiva animou o pessoal até as 19 horas.
A comunidade agradece a todos que de uma forma ou outra ajudaram para este evento acontecer. Reforçam que “a união faz a força e só assim é possível fazer uma festa desta magnitude”. Deixam o convite para a festa que ocorrerá em novembro de 2018. Obrigado festeiros e voluntários!
 
Você está aqui: Principal Folha Coqueirense