Emater/RS-Ascar realiza Manhã de Campo com práticas de poda

No dia 28 de agosto, a Emater/RS-Ascar  de Coqueiro Baixo realizou  na  parte da manhã  o dia de campo dedicado para a fruticultura, reunindo alguns produtores no interior do município de Coqueiro Baixo,  na localidade de Linha Pedras Brancas, em propriedade pertencente a Gentil Bassegio, que possui  uma grande diversidade de plantas frutíferas. 
As atividades desenvolvidas foram voltadas para demonstração de métodos de podas em diversas espécies frutíferas, dentre elas videiras, pessegueiros, caquizeiros, laranjeiras, goiabeiras, amoreiras, pés de figo, romã, pêssego-do-mato e araçá. Durante as demonstrações desenvolvidas pelo técnico Arthur A. Eggers, os produtores puderam tirar dúvidas e também praticar, participando e discutindo os métodos. 
Estas atividades buscam capacitar os produtores a aumentar a produtividade de seus pomares residenciais e com isso, demonstrar a capacidade produtiva da região, despertando quem sabe, interesses comerciais em fruticultura no município e região. Sendo que no passado a fruticultura já foi bem mais forte na região, principalmente na viticultura. Pois estamos trabalhando para a realização de mais dias de campos com outros assuntos voltado aos agricultores do Municipio.  O agricultor Gentil Bassegio que cedeu a propriedade para realização das podas de suas frutas ficou feliz com o trabalho realizado pela Emater e também pela participação dos demais agricultores e disse que isto é muito importante, pois parece que a gente sabe, mas sempre se aprende alguma coisa a mais.   
 

Terceira Idade

Entre os meses de março a maio o CRAS tem oferecido diversas atividades aos grupos de convivência para idosos, realizados na sede e interior do município.  Entre as diversas atividades, alguns grupos estão realizando juntamente com a AIC, um almoço custeado pela mesma. O almoço dos demais grupos ficará para o próximo semestre. O artesanato, o jogo, e os cantos são atrações do encontro.
O que também deve ser lembrado é a presença da médica da ESF em alguns grupos, a qual realiza sua palestra aproveitando o grande número de idosos que estão presentes. Na oportunidade realizaram também a vacina da Gripe.

Festa de São João

Na tarde do dia 18 de junho realizou-se a FESTA JUNINA do CRAS. Muitas atrações aconteceram, como o casamento caipira, a quadrilha, muita dança e comidas típicas. O CRAS agradece a todos os grupos que estiveram presentes e principalmente o empenho dos adolescentes que fizeram toda a diferença realizando a apresentação do casamento caipira.

Conferência municipal da saúde

No dia 22 de junho, no auditório do Centro Administrativo Municipal, foi realizada a Conferência Municipal da Saúde, sendo esta a 3ª no município, pois é realizada a cada 04 anos e em três etapas: municipal, regional/estadual e nacional. Participaram da conferência autoridades do município, servidores da Unidade Básica de Saúde, Conselho Municipal da Saúde e a comunidade coqueirense.
Após o pronunciamento das autoridades a Dra. Fernanda Giovanaz fez a abertura da conferência, falando da importância das opiniões dos participantes sobre o que vem sendo feito pela UBS, o que está bom, o que pode melhorar e citou um exemplo da última conferência que foi apresentado o agendamento das consultas no posto e que, na opinião da médica, deu certo.
A conferência tem por objetivo avaliar a situação da saúde, propor condições de acesso, acolhimento, definir diretrizes e prioridades para as políticas de saúde e desenvolvimento do controle social.  O tema do evento foi “A Saúde Pública e seus desafios”. A Conferência objetivou a discussão e levantamento de propostas que contribuirão para a organização e estruturação dos serviços de saúde do município através da participação da população e seus representantes, para garantir a participação da maioria da população, facilitar o acesso e proporcionar a equidade nas ações de saúde.
Ao longo dos trabalhos, os presentes foram divididos em grupos para que ocorressem debates de temas relevantes com fulcro na melhoria dos atendimentos em saúde prestados à população. Após esse debate foi realizada a apresentação das propostas pelo relator de cada grupo, discutido e colocado em votação.
Ao final, foi definida toda uma programação de ações em saúde que deverão ser norteadoras dos trabalhos na área da saúde pública nos próximos quatro anos. Foram escolhidos os delegados para representarem o município na 7ª Conferência Estadual que acontecerá de 18 a 20/09/15 em Porto Alegre. A equipe da UBS é formada por 23 pessoas que são: 02 médicos clínicos gerais, 02 enfermeiras, 01 técnica de enfermagem, 01 dentista, 01 psicóloga, 01 nutricionista, 01 ginecologista, 01 fonoaudióloga, 01 farmacêutica, 04 agentes de saúde, 01 auxiliar administrativo, 01 diretor de departamento, 04 motoristas e 01 serviços gerais e o Secretário da pasta.

Trabalhos com silagem encerrados

A silagem é um alimento volumoso obtido de forragens verdes, suculentas, nutritivas e palatáveis, conservando-as através de fermentações até o período de escassez, quando será fornecido aos animais para suprir as deficiências de alimentação. A Secretaria Municipal da agricultura encerrou os trabalhos com silagem da safra 2015 e, segundo o Técnico Agrícola Eduardo Salami, foram  atendidos 296 produtores e realizadas 1756 horas de trabalho, sendo que 506 horas foram feitas com os equipamentos do município e 1250 horas terceirizadas. 
O Secretário da Agricultura Aventino Soldi disse que as horas que foram terceirizadas foram para poder atender todos os produtores, pois o período da silagem é curto e se não fizer no ponto a qualidade da pastagem não é mais a mesma. “Na safra passada foram terceirizadas 500 horas e deu certo, por isso fizemos o mesmo este ano com mais horas para poder atender a demanda e foi uma experiência que deu certo” afirmou Aventino. O custo por hora terceirizada foi de R$ 120,00 e o produtor tinha a contrapartida de pagar a metade, o valor de R$ 60,00/hora, o mesmo valor com os equipamentos do município. 
O produtor de leite de Linha Garibaldi Orlando Zanatta, 61 anos, tem 12 vacas de leite, vende em média 250 litros de leite por dia e faz no ano em torno de 60 mil kg de silagem. Ele ressalta a importância da Secretaria da Agricultura com a ajuda de custo. “Isso nos dá mais vontade de trabalhar e a gente fica mais animado” confirma.
Você está aqui: Principal Folha Coqueirense