JNB 291 - 12 de junho de 2014

Alimentação Colorida 
 
A alimentação é essencial para o funcionamento do organismo e prevenir doenças. A aparência visual, além agradar à visão e aguçar o paladar, é importante aliada para manter o equilíbrio nutricional. Cuidar da quantidade e variedade de cores no prato é o primeiro passo. Cada alimento possui um papel nutricional ou funcional no organismo, ele pode conter  substâncias que fazem parte da constituição do nosso corpo, como proteínas, carboidratos e lipídios. As cores dos alimentos são determinadas pela presença dos pigmentos.
Os alimentos de cores brancas como: o leite, queijo, couve-flor, batata, arroz, feijão branco, cogumelo, algas arinhas, chuchu, rabanete, mandioca, nabo, palmito, alho, cebola, pêra, maçã e banana. São alimentos ricos em minerais, carboidratos, vitamina B6, cálcio e fósforo. Eles contribuem na formação e manutenção dos ossos, ajudam na regulação dos batimentos cardíacos e são fundamentais para funcionamento do sistema nervoso e dos músculos. 
Alimentos vermelhos: morango, tomate, melancia, caqui, goiaba vermelha, framboesa, cereja, pimentão vermelho. É apontado como um protetor eficaz contra o aparecimento de câncer de próstata. Contêm antocianina que estimula a circulação sangüínea. 
Alimentos amarelos: mamão, melão, cenoura, manga, laranja, abacaxi, maracujá, tangerina, abóbora, milho, pêssego, damasco e pimentão amarelo. São oxidantes e atuam contra a ação dos radicais livres, prevenindo o envelhecimento. Beneficiam a visão e atua no metabolismo de gordura. Auxilia na manutenção dos tecidos e dos cabelos. São ótimas fontes de vitamina C, e importante aliado do sistema imunológico.
Alimentos de cor verde como: os vegetais folhosos, pimentão, abobrinha, agrião, alface, almeirão, chicória, repolho, brócolis, rúcula, couve, espinafre, kiwi, limão, pepino, quiabo, ervilha, abacate o salsão e as ervas contêm clorofila e vitamina A. Estas substâncias têm os efeitos de inibirem os radicais livres, que danificam as células e causam doenças com o passar do tempo. Tem efeito anticancerígeno e ajudam a proteger o coração. As folhas verde-escuras são ricas em ferro, prevenindo a anemia.
Alimentos de cores azulados e arroxeados como: uva, ameixa, figo, berinjela, beterraba, repolho-roxo, alcachofra, feijão preto, jabuticaba, amora. A tonalidade azulada, preta ou roxa vem da antocianina, pigmento associado à vitamina B1, responsável pela transformação dos nutrientes em energia. Eles retardam o envelhecimento e neutraliza as substâncias cancerígenas e ajudam nas doenças cardíacas. 
Alimentos marrons: nozes, amêndoa, amendoim, arroz integral, canela, castanha, feijão, pinhão, soja, grão de bico, lentilha, pão integral, trigo, aveia, castanha, e cereais integrais que por sua vez tem uma cor marrom. Regulam o intestino, melhoram a flora intestinal, controlam o colesterol e o diabetes. Têm efeito contra a fadiga. São importantes fontes de fibras e vitaminas do complexo B e E. 
Enfim se ficar na dúvida da qualidade e quantidade de cada alimento para consumir diariamente, consulte um nutricionista, ele indicará o melhor alimento para você. Abraços e até a próxima.
 
Consultas: Collection - Receitas poderosas. Farmácia do Povo. 
* Jornalista/Radialista/Escritora - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Compartilhe

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google BookmarksCompartilhar no TwitterCompartilhar no LinkedIn
Você está aqui: Principal Colunas Vida e Saúde JNB 291 - 12 de junho de 2014