JNB 13 de março de 2014

Nesta edição falaremos de um problema que é muito comum nas propriedades que produzem leite que é a mastite. Esta doença ocorre na glândula mamária das vacas leiteiras ocasionando a inflamação do úbere e dependendo da mastite pode ocorrer a secagem de um ou mais quarto do úbere, podendo levar até a morte da vaca. O produtor que faz cálculos sabe muito bem o quanto uma mastite causa de prejuízo em sua propriedade. A Real H produziu um produto chamado Mast 100 que previne e pode até curar as mastites clínicas, subclínicas e reduz a contagem de células somáticas (ccs), sem descartar o leite. Também estimula o sistema imunológico e aumenta a resposta do úbere as infecções e elimina a necessidade de tratamentos convencionais. O Mast 100 pode ser tratado na alimentação da vaca tanto na silagem, ração ou sal mineral. O custa anual para prevenção da mastite com o Mast 100, levando em conta que a vaca fique seca dois meses é de R$ 75,50, sem descarte de leite. Maiores informações com Diogo C. Delazeri, representante na região.

Compartilhe

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google BookmarksCompartilhar no TwitterCompartilhar no LinkedIn
Você está aqui: Principal Colunas Momento Agricultura JNB 13 de março de 2014