JNB 273 - 12 de setembro de 2013

É normal, nas propriedades,   animais que têm ou já tiveram problemas de papiloma (verrugas). Normalmente os casos começam ainda na idade jovem dos animais devido a problemas de imunidade ou passarem por uma infestação de parasitas. Estes papilomas algumas vezes somem sem tratamento, mas é muito difícil,por ser um fungo que passa de um animal para outro. Existem mais de 40 tipos de papilomas. 

Os que mais prejudicam a produção de leite são aqueles que aparecem nos tetos das vacas. Dependendo do tipo de papiloma, pode ocorrer sangramento ocasionando dor para o animal, diminuindo assim a produção. A Real H tem um produto que é utilizado para o tratamento dos papilomas que se chama Papilomazin. O ideal para o tratamento é separar os animais doentes, para evitar maior contaminação e assim o Papilomazin pode ser misturado na alimentação dos animais. É recomendado após os papilomas, caírem tratar com dose menor durante 30 dias para evitar o reaparecimento.

Compartilhe

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google BookmarksCompartilhar no TwitterCompartilhar no LinkedIn
Você está aqui: Principal Colunas Momento Agricultura JNB 273 - 12 de setembro de 2013